PublicidadePublicidade

Muito bêbado, homem escolheu o pior lugar de Anápolis para ‘tirar um cochilo’ ao volante

Além de índices altíssimos de álcool no organismo, ele também dirigia sem a CNH

Da Redação Da Redação -

A Polícia Civil (PC), por meio da Delegacia de Crimes de Trânsito (DICT) de Anápolis, recebeu um ‘presente’ e tanto enquanto se preparava para iniciar uma operação de fiscalização na madrugada desta sexta-feira (04).

Isso porque um Fiat Palio, da cor branca, desceu a Avenida JK com tudo e parou no meio da rua, justamente em frente à DICT, no bairro JK Nova Capital, localizado na região Leste da cidade.

Ao se aproximar do carro, os agentes perceberam que o motorista, um homem de 35 anos, estava dormindo no volante.

PublicidadePublicidade

Os policias, então, deram início à abordagem e logo perceberam que se tratava de um caso grave de embriaguez na direção, já que o homem apresentava um hálito forte, olhos vermelhos e a fala muito arrastada.

Ele aceitou realizar o teste do etilômetro, popularmente conhecido como bafômetro, resultando em uma quantidade de 0,96 miligramas por litro, muito acima dos 0,34 – que é quando o ato deixa de ser uma infração e se torna crime.

Além de tudo isso, ele também não estava de posse da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) – documento imprescindível para dirigir um veículo em solo brasileiro.

Sendo assim, um Auto de Prisão em Flagrante (APF) foi lavrado contra o motorista.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade