PublicidadePublicidade

Mãe é presa por tráfico de drogas após adolescente levar policiais em casa

Mulher alegou que apenas queria proteger o filho, mas agora terá de prestar contas à Justiça

Da Redação Da Redação -
Central de Flagrantes da Polícia Civil. (Foto: Danilo Boaventura)

A tarde de domingo (06) foi de correria no São Lourenço, bairro da região Central de Anápolis, após uma equipe da Polícia Militar perseguir um carro por algumas quadras.

Três homens que estavam no veículo tentaram fugir da viatura, mas foi em vão. Antes de ser pego, o mais audacioso deles, um adolescente de 17 anos, tentou jogar uma Taurus 9mm em cima do telhado de uma casa, mas a arma que estava carregada com várias munições caiu no chão.

Ciente de que estava encrencado, o menor tentou correr, mas foi alcançado a pé pelos policiais.

PublicidadePublicidade

Os outros dois rapazes, de 19 e 26 anos, respectivamente, se renderam e foram algemados.

Ao vistoriar o carro, a guarnição encontrou porções de maconha e mais de R$ 3 mil em espécie no bolso do adolescente.

Indagado do que seria tanto dinheiro, ele confessou que era do tráfico e contou que na casa dele havia mais drogas.

Com apoio de mais viaturas, a casa do rapaz foi localizada e passou por uma vistoria.

Num dos quartos em que dormia estaria toda a droga, indicou o garoto.

Porém, nada foi encontrado no local e o adolescente questionou a mãe sobre onde poderia estar os produtos ilícitos.

Alegando que apenas queria proteger o filho, a mulher indicou uma bolsa que estava escondida entre o mato no quintal.

Dentro do acessório, os policiais encontraram diversas porções da droga, embalagens para comercialização, dois rádios comunicadores, balança de precisão e mais munições intactas para armas.

A mulher, que tem 34 anos, recebeu voz de prisão na residência e teve de acompanhar o adolescente para a Central de Flagrantes da Polícia Civil.

Lá, ela foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e o menor de idade deve ser recolhido ao Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) de Anápolis e ficar à disposição da Justiça.

Os outros dois rapazes prestaram depoimento e foram liberados.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade