PublicidadePublicidade

Internet reage à queda do Instagram e Facebook: “vergonha da profissão”

Caso ganhou muita repercussão no Twitter, onde os usuários não pouparam piadas para comentar os problemas das redes sociais vizinhas

Caio Henrique Caio Henrique -

Duas das redes sociais mais utilizadas do mundo, o Instagram e o Facebook – ambas propriedades do CEO Mark Zuckerberg – tiveram relatos de instabilidade e queda na tarde desta quinta-feira (17).

O site Downdetector, especializado no aferimento dos servidores das redes, constatou um pico de notificações comentando problemas, especialmente no Instagram, por volta das 15h de hoje.

Para fins de comparação, até às 12h variava entre um e 17 o número de relatos informando instabilidades. A partir de 13h, as reclamações só foram aumentando.

O pico foi alcançado às 15h21, horário que o sistema registrou um total de 6.748 notificações. Confira na tabela a seguir:

Tabela de notificações do site Downdetector. (Foto: Captura)

No Facebook, a situação foi menos crítica – as reclamações foram mais direcionadas à lentidão dos processos e eventuais quedas, mas a normalização ocorreu de forma mais rápida.

A válvula de escape dos usuários sempre presentes nas mídias, enquanto a utilização do Instagram e Facebook não era possível, foi outra rede social.

Uma que não é propriedade do mesmo programador bilionário e que se especializa em assuntos e discussões rápidas, tais como reclamações da internet: o Twitter.

Lá, não foram poucos os relatos de internautas comentando o caso e fazendo piadas sobre como as quedas os enganaram, fazendo acreditar que a causa do problema era a própria provedora de internet.

Mark Zuckerberg e comparações com o Twitter também foram tema das brincadeiras realizadas nas postagens. Confira alguns exemplos a seguir:

https://twitter.com/Jonathanwsg/status/1306668695096262656

https://twitter.com/Jonathanwsg/status/1306671668937535488

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade