PublicidadePublicidade

Uber expulsa motorista que expulsou babá e criança autista do carro, em Anápolis

Em nota ao Portal 6, a multinacional também informa que colaborará com a investigação policial

Rafaella Soares Rafaella Soares -

O motorista que expulsou uma criança autista de quatro anos e a babá dele de dentro do carro, na última segunda-feira (16), não poderá mais atuar pela Uber.

Em nova nota enviada ao Portal 6 na manhã desta quarta-feira (18), a multinacional afirmou que baniu a conta do profissional e que está à disposição das autoridades para colaborar com as investigações.

A Uber afirma ainda que defende o respeito à diversidade e tem todas as viagens registradas por GPS, para garantir que levante, sempre que for necessário, os históricos de viagens.

PublicidadePublicidade

O caso foi tornado público nesta terça-feira (17), depois que a mãe do garotinho registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil por discriminação contra pessoa com deficiência.

Tudo teria ocorrido enquanto a criança voltava de uma sessão de terapia da APAE. No meio do caminho, ficou agitado e acabou tendo uma crise nervosa.

Vendo que a babá estava com dificuldades para acalmar o pequeno, o motorista teria parado no meio da Avenida Brasil, em um local movimentado, e obrigado os dois a saírem do carro.

Aos prantos, a responsável pela criança ligou para a mãe dele para pedir ajuda. A genitora já avisou que pretende processar o profissional.

Veja na íntegra a nota da Uber

A Uber possui uma política de tolerância zero a qualquer forma de discriminação em viagens pelo aplicativo. A conta do motorista em questão foi desativada da plataforma e a empresa permanece à disposição dos órgãos de segurança para colaborar com as investigações, na forma da lei.

A Uber defende o respeito à diversidade e reafirma o seu compromisso de promover o respeito, igualdade e inclusão para todas as pessoas que utilizam o nosso app. Todas as viagens são registradas por GPS. Isso permite que, em caso de necessidade, nossa equipe especializada possa dar suporte às autoridades, sabendo quem foi o motorista parceiro e o usuário, seus históricos e qual o trajeto realizado, além de acionar seguro que cobre despesas médicas em caso de incidentes.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade