PublicidadePublicidade

Os detalhes do assassinato de comerciante em Anápolis após briga por preço de cigarro

Homicídio aconteceu no início da noite de sábado (21) e chocou moradores da região

Da Redação -

As investigações da Polícia Civil (PC) desvendaram mais detalhes sobre o assassinato do comerciante Reinaldo Godói da Silva, de 51 anos, ocorrido na noite deste sábado (21) no Residencial Flamboyant, bairro do extremo Leste de Anápolis.

Em entrevista ao G1, o delegado de plantão na ocasião, Cleiton Lobo explicou como teria se iniciado a discussão que culminou na morte do homem e na fuga do suspeito.

Segundo ele, tudo aconteceu por conta do preço de um cigarro. Na hora de pagar, o cliente questionou o fato de estar sendo cobrado R$ 6 pela cartela, visto que o preço usual é de R$ 5,75.

PublicidadePublicidade

Reinaldo explicou que o acréscimo era uma espécie de juros, pelas dívidas e compras fiadas que o autor já tinha feito no estabelecimento.

Os 25 centavos foram o suficiente para contrariar o cliente, que iniciou uma discussão e depois, de dentro do próprio carro, sacou uma arma e disparou quatro vezes contra o comerciante que o atendia pelo lado de fora.

Apesar do suspeito, e também o veículo que ele dirigia, já terem sido identificados pela PC, ainda não foi possível localizar o homem.

Porém, a corporação destacou que mantém equipes nas ruas, focadas em achar o responsável ou quaisquer outras evidências que colaborem com a sequência das investigações.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade