PublicidadePublicidade

Agonia e medo da morte: mãe é perseguida após pegar filho em chácara de Anápolis

Polícia foi acionada por populares e descobriu tudo o que estava acontecendo após alcançá-la em posto de combustíveis

Da Redação Da Redação -

Uma jovem de 22 anos passou por momentos aterrorizantes junto da família, na tarde deste domingo (22), na BR-414, nas proximidades do Posto Carreteiro, no perímetro urbano de Anápolis.

Policiais militares, por volta de 16h31, receberam a denúncia de que haviam dois automóveis na via praticando direção perigosa. Quando a equipe chegou ao local, encontrou a cena de um acidente.

A garota, que estava conduzindo um dos carros, contou que foi buscar o filho de dois anos na casa do ex-marido, em uma fazenda fora do município. No entanto, apenas o ex-sogro, de 42 anos, estava lá e se negou a entregar o menor.

PublicidadePublicidade

A guarda do garotinho, segundo a mãe, ainda não é definida pela Justiça. Por isso, combinou que ele ficaria pela manhã com o pai e o pegaria à tarde. Mesmo assim, somente após muita insistência é que conseguiu pegar o filho e colocar no carro.

Dentro do veículo, além do bebê, a jovem estava acompanhada do atual marido e de outros dois filhos. No caminho para casa, ela percebeu que o ex-sogro os seguia e teve de tentar fugir.

Durante a perseguição, o homem bateu no carro dela por várias vezes para tentar fazer com que perdesse o controle da direção. O que não demorou a acontecer, já que ela acabou sendo jogada para um canteiro lateral e colidindo com uma placa de sinalização.

Uma das filhas da condutora, de apenas sete anos, ficou com ferimentos leves por causa da batida. Imagens feitas no local mostram como ficaram os veículos.

O ex-sogro confessou ter usado de violência no trânsito contra a jovem e alegou que só agiu assim para pegar o neto de volta.

Ele não tinha sinais de embriaguez e precisou ser encaminhado à Central de Flagrantes para ser autuado por dano e lesão corporal dolosa.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade