PublicidadePublicidade

Imagens mostram últimos momentos de japonesa estuprada e covardemente morta em Abadiânia

Assassino confesso surge logo depois com uma roupa da vítima no ombro. Detalhes do caso são chocantes

Da Redação Da Redação -

Mais detalhes de como ocorreu a cruel morte de Hitomi Akamatsu, de 43 anos, foram divulgados na tarde desta sexta-feira (27).

É que estão repercutindo imagens de câmera de segurança que mostram a japonesa caminhando em direção à cachoeira da Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia.

No vídeo, é possível ver que ela carregava nos braços um colchonete, usado comumente por pessoas que são adeptas à meditação.

PublicidadePublicidade

Essa mesma câmera, minutos depois, também flagrou Rafael Lima Costa, de 18 anos, passando pelo local, mas no sentido contrário.

Ele carregava nos ombros a mesma roupa branca que Hitomi estava usando há poucos instantes. O crime tinha acabado de acontecer. Veja:

Em tempo

O caso ocorreu no dia 10 de novembro, mas o corpo da japonesa foi encontrado quase uma semana depois e ainda permanece no IML de Anápolis, aguardando cremação, devido a uma série de fatores.

Na quarta-feira (25), a Polícia Civil de Abadiânia divulgou novos detalhes sobre o assassinato. Rafael confessou ter cometido o crime sob intenção de conseguir dinheiro, mas acabou revelando detalhes ainda mais cruéis.

Anteriormente, ele afirmou que havia enforcado Hitomi até a morte. Porém, o laudo cadavérico confirmou que a real causa da morte foi uma forte pancada na região do crânio.

Em um novo interrogatório, o assassino confesso ainda confirmou ter estuprado a estrangeira antes de matá-la, tendo até ejaculado no rosto da vítima.

Diante destes agravantes, a corporação decidiu acrescentar novos crimes, e novos anos de prisão por consequência, ao indiciamento do suspeito.

Rafael agora responderá pelos crimes de latrocínio, estupro e ocultação de cadáver.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade