PublicidadePublicidade

Elizângela revolta web ao comparar vacinação contra corona a estupro

"Meu corpo minhas regras", foi além a artista, que está no ar na reprise de A Força do Querer

Folhapress Folhapress -

Elizângela, 65, revoltou a web por seu posicionamento em relação a obrigatoriedade da vacinação contra o coronavírus. Em uma postagem no Instagram nesta sexta-feira (18), a atriz usou uma imagem que dizia “penetração forçada sem consentimento é estupro” com o desenho de uma seringa. Ela ainda completou, usando a frase “meu corpo minhas regras”.

A comparação entre vacinação e estupro levou muitos internautas a criticarem duramente Elizângela. “Decepção. Francamente, não se trata mais de ideologia ou individualismo mas de saúde pública. Quando uma pessoa não se vacina coloca tantas outras em risco, viabilizando a continuidade da pandemia. Essa posição é no mínimo egoísta, para não dizer irresponsável”, escreveu um seguidor da atriz.

A discussão ganhou também o Twitter. “Triste ver Elizângela compartilhar uma coisa dessas e o Ary Fontoura ainda curtir”, disse uma internauta indignada, se referindo ao apoio do consagrado ator ao comentário da artista.
“E 2020 leva mais uma artista.

PublicidadePublicidade

“Meu corpo, minhas regras”. Essa é a legenda da foto postada pela atriz bolsonarista e negacionista Elizangela. Ps: A Nazaré tava certíssima quando te empurrou da escada. #Rip Elizangela”, postou outro revoltado, mas sem perder a piada, relembrando Djenane, personagem da atriz na novela “Senhora do Destino” (Globo 2004-2005), que foi morta pela vilã Nazaré Tedesco, após chantageá-la.

Elizângela estreou na TV ainda criança, em 1965, como apresentadora do Jornal Infantil da Excelsior, na extinta TV Excelsior, seguindo nesta função no Topo Gigio Especial, na Globo. A atriz está no ar na reprise de “A Força do Querer” (Globo), vivendo Aurora, mãe da personagem Bibi Perigosa, interpretada por Juliana Paes.

É importante salientar que as vacinas só poderão ser aplicadas no Brasil após receberem a autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), órgão regulador vinculado ao Ministério da Saúde.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade