PublicidadePublicidade

No Carrefour de Anápolis, cliente se irrita com atendente por ela ser negra

Avatar Gabriella Licia -

Uma jovem de 26 anos precisou recorrer à Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (10) após sofrer uma série de agressões verbais enquanto trabalhava como caixa no Carrefour de Anápolis.

Em depoimento, a moça contou que um cliente chegou no hipermercado extremamente irritado e pediu para que ela o auxiliasse no pagamento de duas faturas.

Ao ser perguntado sobre quanto da dívida queria liquidar, o homem se estressou ainda mais e passou a ofendê-la.

PublicidadePublicidade

Para ele, a funcionária não iria conseguir resolver a situação por ser preta e por ‘usar tranças típicas de carnaval’.

Ainda muito histérico, o homem deixou uma quantia de dinheiro insuficiente para quitar as duas faturas e foi embora.

Sem reação, a jovem acionou a gerente, que a acolheu e serviu de testemunha junto à Polícia Civil.

Com os dados do agressor que constavam nas faturas, a trabalhadora conseguiu formalizar a queixa.

O caso foi registrado como injúria racial e será investigado pelo 1º DP de Anápolis.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade