PublicidadePublicidade

Vídeo mostra os detalhes da ‘Noite Xerecard’, desmantelada pela PM em Anápolis

Rafaella Soares Rafaella Soares -

A operação realizada na madrugada deste sábado (20) para encerrar uma festa clandestina na zona rural de Anápolis, na saída da Vila São Vicente, contou com a presença de 47 policiais militares.

Responsável pela fiscalização da 47º Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), que atende Leopoldo de Bulhões, Silvânia e Gameleira de Goiás, o capitão Maurício foi quem comandou a força-tarefa e contou ao Portal 6, em entrevista exclusiva, os detalhes do que encontraram no local.

De acordo com o oficial, a corporação recebeu a denúncia de que a festa “Noite Xerecard” aconteceria em uma chácara já conhecida por promover festas irregulares e seria regada a drogas, bebidas e som automotivo.

PublicidadePublicidade

“Imediatamente o 3º CRPM criou essa operação para coibir a aglomeração, já que a propagação da Covid-19 está acelerada e atingindo uma gama maior da população. Fizemos todo o planejamento e adentramento neste ambiente”, explicou o capitão.

“Constatamos que realmente se tratava de uma festa e fizemos as abordagens e trabalho preventivo. Identificamos os organizadores e o dono da chácara que alugou o espaço”, acrescentou.

Ao todo, estiveram no local três viaturas da 47º CIPM, três da Força Tática Municipal, quatro do 4º BPM, três do 28º BPM, quatro da CPE e uma do serviço de inteligência da PM. Também participaram da coordenação do serviço o Tenente Guilherme e o Tenente Dourado.

“Tinham cerca de 250 pessoas [sem máscaras] que foram abordadas, mas algumas conseguiram fugir quando as equipes estavam chegando. Também foram encontradas drogas para consumo, o que é recorrente em situação de festas clandestinas”, explicou o comandante da operação.

Haviam ainda no espaço 73 carros e 12 motos. Nove dos veículos tiveram de ser apreendidos e levados para o Centro Pátio porque estavam com algum tipo de irregularidade.

A força-tarefa registrou sete Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) contra os responsáveis pela festa e para aqueles que estavam consumindo entorpecentes.

A ação teve início no começo da madrugada e foi encerrada depois das 05h. Imagens obtidas com exclusividade pelo Portal 6 mostram o local de realização da festa e o momento da abordagem dos muitos participantes.

[jnews_block_3 first_title=”Navegue pelo assunto” include_post=”144070″]

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade