PublicidadePublicidade

Professora é internada com a mesma doença rara que tirou a vida de seus três filhos

Condição que ela sofre é rara e hereditária. Ainda não há cura

Da Redação Da Redação -
Sumara Araújo Santos perdeu três filhos. (Foto: Reprodução)
PublicidadePublicidade

Um caso triste em Feira de Santana, na Bahia, vem repercutindo em todo o país. Uma professora, de 39 anos, que está internada em um hospital da cidade, já perdeu três filhos para doença em que ela está tratando.

Rara e hereditária, a complicação se chama porfiria e é causada por uma mutação genética que provoca falta de proteína no fígado.

Segundo o G1, Sumara Araújo Santos perdeu a primeira filha em 2015. A menina tinha 10 anos e deu entrada no hospital com infecção urinária, vômito e fortes dores.

PublicidadePublicidade

Em 2017, a professora teve mais um filho, e em 2019, outro. Porém, em janeiro de 2020, os dois meninos apresentaram os mesmos sintomas.

O primeiro ficou quatro meses internado, porém, morreu antes mesmo de a família receber os resultados de todos os exames.

Quatro dias depois do óbito, o segundo começou a ter os sintomas da doença. Ele também foi internado, no entanto, morreu após três meses.

Além da porfiria, a professora sofre de amiloidose, que causa acúmulo de proteína em outros órgãos, como coração e rim. Ainda não há cura.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade