PublicidadePublicidade

Colegas de Isabella Freire e amigos de igreja estão perplexos com o que ela fez

Também não entendem como a estudante conseguiu esconder a gravidez e lembram que ela quase não podia sair de casa, devido à rígida criação que teve

Avatar Danilo Boaventura -
Isabella Freire, a mãe que jogou filho recém nascido em lote baldio. (Foto: Edição/ Portal 6)

A crueldade feita por Isabella Freire, a estudante de 24 anos que abandonou o filho recém-nascido em um lote e colocou fogo, deixou perplexo quem já conviveu com ela em Anápolis.

O Portal 6 conversou com várias pessoas próximas sob a condição de total anonimato e sem citação de aspas.

Mesmo com o curso de farmácia trancado, a jovem permaneceu até o ano passado como estagiária na rede municipal de saúde e sempre teve conduta exemplar.

PublicidadePublicidade

Na tradicional igreja pentecostal que frequentava na Avenida Tiradentes, no Centro, a notícia inicialmente causou estupefação.

Ela já havia se afastado das atividades religiosas, mas no contexto da pandemia imaginou-se que Isabella estava se preservando.

Amigos também não entendem como a estudante conseguiu esconder a gravidez e recordam de registros recentes dela com o namorado nos stories do Instagram, que agora está desativado.

Eles também lembram que Isabella quase não podia sair de casa, devido à rígida criação que teve.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade