PublicidadePublicidade

O pedido de socorro feito por dentista de Anápolis por causa de morador de rua

“Não está fácil. Não sei que autoridade procurar ajuda, tenho tido ajuda do alto”, desabafou

Da Redação Da Redação -
(Foto: Captura)

Nas últimas horas, está repercutindo em Anápolis o desabafo de uma dentista que há dias está enfrentando um problema com um morador de rua, no Jundiaí, bairro nobre da região Central da cidade.

Através do Instagram, Anilce Bonfim relatou que todos os dias o homem vai andando para a porta do consultório dela e começa a gritar palavras sem sentido e correr atrás de pedestres.

Ele também estaria fazendo ameaças e intimidando não apenas as pessoas que trabalham nas redondezas, como também os pacientes que estão com atendimentos agendados.

‘Postei no início do mês que ele tinha sido  internado no hospital psiquiátrico, mas ficou apenas dois dias pois o médico disse que ele é normal e deu alta. No dia seguinte estava aqui ainda mais enfurecido’, contou.

‘Minhas noites continuam longas e os nossos pacientes, tanto meus quanto do Instituto da Imagem [que fica ao lado], são ameaçados, nos deixando constrangidos, sem saber o que fazer’, acrescentou.

Ainda segundo Anilce, os órgãos públicos já afirmaram que não podem fazer nada e nem mesmo as autoridades policiais, já que o homem teria o “direito de ir e vir”.

“Sinto muito por ele, porque sei que precisa de ajuda. Não está fácil. Não sei que autoridade procurar ajuda, tenho tido a ajuda do alto. O Senhor tem guardado nossas vidas e não nos deixados surtar durante todos esses 29 dias difíceis. Se alguém souber onde procurar ajuda nos oriente”, pediu.

Nos comentários, há ainda relatos de outros estabelecimentos que também estariam sendo afetados pela conduta do homem.

Veja o vídeo:

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade