PublicidadePublicidade

Suboficial da Ala 2 de Anápolis morre aos 52 anos vítima de complicações da Covid-19

Ele era reconhecido por ser muito esforçado e tinha habilidades mecânicas excepcionais com as aeronaves

Rafaella Soares Rafaella Soares -
(Foto: Reprodução)

Deverá ser sepultado no início da tarde desta terça-feira (15), no Memorial Parque, o Suboficial Claudio Coimbra, que faleceu na noite de ontem (14), aos 52 anos, vítima de complicações da Covid-19.

Ele atuou na Ala 2 de Anápolis por mais de 30 anos e estava internado no Hospital Evangélico Goiano (HEG) desde o dia 19 de maio.

Um dos destaques da carreira do Suboficial Coimbra, como era conhecido entre os colegas, foi de uma entrevista concedida ao Datena para falar sobre a ocasião em que o piloto Ayrton Senna esteve na cidade e deu um passeio em uma das aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB).

PublicidadePublicidade

O profissional também ficou conhecido por ter uma habilidade mecânica excepcional e, por ser tão esforçado, chegou até a fazer cursos internacionais para trabalhar com o Mirage III e com o Mirage 2000.

Como o suboficial não estava mais contaminado pela Covid-19 e sim enfrentando outras complicações provocadas pela doença, o velório está acontecendo na capela da Vila dos Sargentos, ao lado do Anápolis City.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade