PublicidadePublicidade

É assim que Lázaro Barbosa estaria sabendo dos passos da polícia para encontrá-lo

Informação passou a ser importante para a força-tarefa, que já está no 14º dia e conta com mais de 300 das forças de segurança pública de Goiás e Distrito Federal

Avatar Danilo Boaventura -
Lázaro Barbosa é procurado pelas polícias de Goiás e Distrito Federal. (Foto: Reprodução)

Uma das vítimas de Lázaro Barbosa feita refém pelo criminoso durante uma recente invasão à uma casa na zona rural de Cocalzinho afirmou em depoimento que ele está se ‘atualizando’ sobre as ações da operação policial montada para encontrá-lo na mata.

O criminoso teria um celular com acesso à internet e, pelo aparelho, tem acessado grupos de WhatsApp e acompanhado lives no Instagram.

Uma das preocupações de Lázaro ao invadir a residência, além de exigir comida, foi querer carregar o telefone.

PublicidadePublicidade

A informação passou a ser importante para a força-tarefa porque celulares são rastreáveis pelas operadoras.

As buscas policiais, que contam com mais de 300 agentes das forças de segurança pública de Goiás e Distrito Federal, já duram 14 dias.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade