PublicidadePublicidade

Roberto lança programa para qualificar e inserir desempregados de Anápolis no mercado de trabalho

Prefeitura fechou parceria com Senai e empresas do DAIA. Inicialmente serão abertas 140 vagas. Todos que concluírem os cursos terão garantia de emprego

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -
Proposta do novo programa é fomentar a retomada econômica em Anápolis. (Foto: Bruno Velasco/Secom)

“Iniciamos hoje um novo ciclo na retomada da economia”. Com essa frase, o prefeito Roberto Naves (PP) deu o pontapé inicial para o novo programa de geração de empregos da Prefeitura de Anápolis.

Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (02), foi assinado um contrato com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) que prevê a oferta inicial de 140 vagas para cursos de qualificação profissional.

“Com um diferencial, pela primeira vez nossos cursos estarão casando com as vagas ociosas nas empresas. E todos aqueles que concluírem já sairão empregados ao final do programa”, explicou Roberto.

PublicidadePublicidade

Os cursos ministrados nesta primeira fase serão voltados às áreas de indústria, mecânica, elétrica e produção. Brainfarma e CAOA são algumas das empresas que a Prefeitura já fechou convênio.

Contrato com Senai foi assinado e prevê incialmente 140 vagas. (Foto: Bruno Velasco/Secom)

“É um modelo novo, uma forma da gente estar otimizando os gastos com o dinheiro público. Ofertar cursos profissionalizantes com a garantia do trabalho ao final é o nosso foco a partir de agora”, ressaltou o prefeito.

Roberto também lembrou que com a expansão do Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA), aprovada pela Assembleia Legislativa nesta semana, novas empresas devem se instalar na cidade nos próximos meses.

Para isso, determinou à Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Trabalho, Emprego e Renda que busque firmar convênio para com elas para que, desse modo, a Prefeitura possa atualizar o catálogo de cursos e a formação de novas turmas.

De acordo com o prefeito, o público alvo destas 140 primeiras vagas são desempregados em situação de vulnerabilidade social. Roberto informou ainda que as inscrições abrem em breve e que a previsão de início das aulas é para agosto.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade