PublicidadePublicidade

Para vingar morte de pai e irmão por Covid-19, homem assassina a tiros casal que teria transmitido a doença

Filho de uma das vítimas fatais estava no local no momento do ataque e também foi atingido pelos disparos

Da Redação Da Redação -
Vítimas foram alvejadas enquanto trabalhavam em um galpão. (Foto: Reprodução)

Um caso chocante ganhou repercussão em todo o estado de Goiás, nesta terça-feira (17), depois que um casal foi brutalmente assassinado no galpão em que trabalhava, em Itumbiara, município a 262 km de Anápolis.

Em vídeo enviado à imprensa, o delegado Felipe Sala contou que Flanklaber Silva e Silva, de 40 anos, a esposa Marilia Silva e Silva, de 37 anos, e o filho dele, de 21 anos, já estavam sendo vítimas de ameaças.

Sabendo que a família estaria toda reunida trabalhando, o atirador entrou no local já efetuando uma série de disparos. Apenas o mais jovem sobreviveu.

“O sobrevivente disse que a família estava sofrendo ameaças de morte, pois era acusada de ter transmitido coronavírus para a família do atirador e que ele estaria ali para vingar a morte do pai e irmão, que foram vítimas da Covid-19”, explicou o delegado.

Flanklaber, segundo o investigador, foi atingido na cabeça e no ombro e faleceu no local. Já a companheira dele chegou a ser socorrida para um hospital, mas também tinha ferimentos graves e não resistiu.

O filho foi atingido na perna, sofreu uma fratura, mas não corre maiores riscos.

Agora, a Polícia Civil atua para tentar identificar e localizar o autor, que conseguiu fugir logo após o crime.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade