PublicidadePublicidade

O mundo está de ponta cabeça, mas, acredite, enquanto há vida há esperança

José Fernandes José Fernandes -
(Foto: Reprodução)

Vivemos um tempo de muita carência. Carência de líderes, emprego, comida, remédio. Carência de água! No meio de tanta escassez, também temos carência emocional, carência de alegria, carência de auto-estima, carência de expectativas boas, carência de visão de vida. Quantos com carências e necessidades?

Quero enumerar três situações que impactaram meu coração recentemente e tem a ver com esse assunto:

1) – As crianças afegãs no colo dos soldados americanos, sedentas bebendo água! É visível frente ao terror, a sede, a dor, a escassez de paz, de pais e de país!

PublicidadePublicidade

2) – O adolescente de 17 anos que suicidou usando uma corda aqui em Anápolis, e eu fiz a necropsia. Escassez de emprego? oportunidade? expectativa de futuro?

3) – A adolescente de 15 anos, que “ficou e engravidou” em uma festa que estava alcoolizada, drogada. Dias depois ao ser questionada quem era o pai do seu filho, respondeu: “Não lembro. Era um menino com tênis amarelo”. Escassez de educação sexual? de amor próprio?

“Fui moço e agora sou velho mas nunca vi desamparado o justo nem a sua semente a mendigar o pão”. Com esse testemunho de fé e esperança do salmista Davi, finalizo afirmando que nem sempre somos capazes de cuidar sozinhos de todos os tipos de carência e necessidades que nos assolam. Precisamos uns dos outros! E hoje com especial atenção e dentro desse tema, quero parabenizar os profissionais psicólogos pelo seu dia, por ajudar-nos a encontrar clareza e equilíbrio em tempos de escassez.

José Fernandes é médico (ortopedista e legista) e bacharel em direito. Atualmente vereador em Anápolis pelo PSB. Escreve todas às sextas-feiras. Siga-o no Instagram.

As ideias e opiniões expressas no artigo são de exclusiva responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, as visões do Portal 6.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade