PublicidadePublicidade

Cobrança de dívida virou pancadaria e terminou com jovem ferida por canivete em Anápolis

Garota foi levada para hospital e grupo envolvido precisou ser encaminhado à Central de Flagrantes para prestar mais esclarecimentos

Da Redação Da Redação -
Central de Flagrantes da Polícia Civil. (Foto: Danilo Boaventura)

O final da noite deste domingo (12) foi de violência, pancadaria e movimentação atípica de viaturas da Polícia Militar no bairro Maracanã, localizado na região Central de Anápolis.

Tudo teria ocorrido depois que uma jovem, de 18 anos, teria vendido um aparelho celular e o comprador estaria demorando para fazer efetuar o pagamento.

O companheiro da moça então decidiu ir até o endereço do homem para cobrar a dívida, mas ele teria ficado ofendido com a reclamação e os dois entraram em luta corporal.

PublicidadePublicidade

A jovem afirma que o comprador segurava um canivete e teve ajuda de um grupo de cinco pessoas para agredir o namorado, que sofreu um corte no ombro. Por isso, ela teria tentado separar a briga e também acabou ficando com um ferimento profundo de arma branca na mão.

Uma viatura precisou ser acionada para dar fim na confusão e, aos policiais, o suspeito alegou que foi o companheiro da garota quem levou o canivete e que se feriram sozinhos durante a briga, não sendo ele o responsável pelo machucado. O objeto cortante não foi encontrado no local.

A moça precisou ser levada para o Hospital Municipal Jamel Cecílio para receber atendimento médico e, em seguida, todos foram levados para a Central de Flagrantes para prestar esclarecimentos.

O caso foi registrado como lesão corporal dolosa e será investigado pela Polícia Civil.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade