PublicidadePublicidade

Nova etapa da Covid: vacinação em Anápolis diminui internações, contágio e mortes

Especialista, porém, alerta que é necessário tomar cuidado, pois doença não está totalmente sob controle

Caio Henrique -
Visão aérea da região Central de Anápolis. (Foto: Bruno Velasco)

Anápolis alcançou o cenário epidemiológico mais ameno desde a explosão da pandemia no município, em meados de 2020.

Prova disso é o Painel da Covid – plataforma responsável por atualizar os dados referentes às mortes, contaminações, hospitalização e demais dados da doença na cidade.

Na tarde desta segunda-feira (20), continua constando no portal que a taxa de ocupação dos leitos de enfermaria da rede municipal de saúde exclusivos para o tratamento da doença foram zerados, ou seja, em teoria não contam com nenhum paciente sendo tratado para Covid-19.

PublicidadePublicidade

As vagas para UTI caminham para um desfecho similar, tendo apenas 2,20% da ocupação total ocupada, de acordo com o painel gerido pela Prefeitura.

O número de novos contaminados e até mesmo óbitos também se encontram em queda, conforme observado nos boletins diários da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), que atualiza os registros das tipificações a cada 24h.

Em entrevista ao Portal 6, o médico infectologista Marcelo Daher confirmou o bom momento, mas pediu precaução.

“Realmente houve a diminuição da taxa, mas precisamos tomar cuidado, não estamos em uma ilha. Anápolis não está com a doença totalmente sob controle e não estamos nadando em um mar de rosas”, afirmou.

A ressalva do especialista se justifica por conta do Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HEANA) seguir recebendo pacientes internados com a doença, especialmente após o fechamento de outras unidades municipais anteriormente dedicadas ao combate à Covid.

A unidade, entretanto, não adentra a estatística municipal do Painel da Covid, por se tratar de um hospital da rede estadual de saúde.

Sendo assim, a taxa zerada dentro do âmbito do município não significa, propriamente, uma ausência de internação de pacientes moradores da cidade.

Marcelo também atribuiu à vacina os méritos pelo avanço no combate ao vírus.

“A vacinação, sem dúvidas, trouxe resultados muito positivos e tudo isso que vivemos hoje é fruto da vacinação”, explicou.

“É algo que não tem nem como contestar, a imunização é uma prática totalmente benéfica, como os dados vem mostrando”, finalizou o médico.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade