PublicidadePublicidade

Em briga por pequi, homem tem cabeça e braços arrancados com machado

Suspeito de cometer o crime é marido de uma cunhada da vítima

Da Redação -
Polícia apreendeu machado usado no crime. (Foto: Divulgação)

Um crime chocante deixou perplexa toda a população da pequena cidade de Nova Rosalândia, em Tocantins. É que um homem, de 58 anos, foi brutalmente assassinado por causa de pequis.

De acordo com o G1, o crime ocorreu na noite de terça-feira (21), depois que a vítima, que não teve o nome revelado, teria se envolvido em uma discussão com o marido da cunhada.

Os dois homens teriam consumido bebidas alcóolicas antes da briga, que começou porque os pequis de uma propriedade rural foram colhidos, vendidos e eles não conseguiram chegar em um consenso sobre a divisão dos valores da venda.

Segundo a Polícia Militar, a vítima foi atingida por um machado, depois foi decapitada e teve os braços arrancados pelo autor, que fugiu em seguida. A arma do crime foi apreendida de imediato.

O suspeito só foi encontrado no dia seguinte. Ele estava escondido em um matagal e, depois de ser apresentado na delegacia da Polícia Civil, foi autuado por homicídio qualificado por motivo fútil.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade