PublicidadePublicidade

O que aprendemos com Seu Domingos, o goiano de 100 anos cheio de vida e amor

Ele ficou 27 anos casado com a primeira esposa, Dona Tita. Depois de 38 anos viúvo, aos 92 anos, se casou com Dona Isivone

Pedro Hara -
Aos 100 anos, Seu Domingos mantém uma memória de dar inveja (Foto: Pedro Hara/Portal 6)

Domingos Athair Martins Baptista é um centenário. Natural de Itaberaí, chegou à Goiânia em 1938, aos 17 anos de idade. A história dele se confunde com o desenvolvimento da capital.

Já comandou cavaquinho na banda mais antiga da capital, foi o primeiro faxineiro em diversas instituições de direito da cidade e daí não parou mais.

De uma lucidez invejável, conta em detalhes toda a sua vida profissional na advocacia e não deixa pra trás um recorte recente. O mais incrível de todos.

PublicidadePublicidade

Seu Domingos reencontrou o amor. Ele se casou novamente aos 92 anos de idade. E a pretendente estava logo ali, no mesmo prédio.

Conheça um pouco mais sobre o nosso personagem especial para uma data que deve ser muito comemorada. Dia 1º de outubro é o Dia do Idoso.

Viva o amor

Contando 100 anos, Domingos Baptista é um exemplo de longevidade. Natural de Itaberaí, ele nasceu no dia 15 de agosto de 1921. Apesar da idade avançada, o aposentado preserva uma memória invejável.

Ele se recorda de datas, acontecimentos e conta a história de vida com riqueza de detalhes.

Em entrevista ao Portal 6, quando questionado sobre o segredo da longevidade, Domingos se esquiva e diz não ter fórmula para chegar aos 100 anos.

Será que não? Lá em 1948, ele se casou com Dona Tita. Com ela, teve cinco filhos. Num efeito escadinha, quatro nasceram logo nos primeiros quatro anos de casamento. Quase 30 anos depois, em 1975, aos 54 anos de idade, Domingos se tornou viúvo.

Mais tempo do que ficou casado com Dona Tita ele teve de viuvez. Mas parou de contar esse tempo após 38 anos. Não é que ele encontrou uma nova companheira já aos 92 anos de idade?

Dona Isivone Pereira Chaves e Domingos moravam no mesmo prédio há quase dez anos quando, depois de viagens, encontros familiares, rezas de terço, ele resolveu se declarar para ela após uma viagem ao Rio Araguaia.

Eles se casaram em 2013 e são muito felizes com o convívio um do outro.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade