PublicidadePublicidade

Mulher contratada para orar é presa suspeita de furtar R$ 330 mil do deputado Professor Alcides

Religiosa foi pega após divulgar vídeo dos quatro carros comprados com o dinheiro levado do parlamentar goiano

Karina Ribeiro -
Professor Alcides é deputado federal pelo PP. (Foto: Gustavo Sales/Câmara dos Deputados)

Uma mulher, de 58 anos, foi presa em Campo Grande (MS) suspeita de furtar R$ 330 mil da casa do deputado federal Professor Alcides (PP), em Aparecida de Goiânia.

Ela havia sido contratada para fazer orações na casa do parlamentar goiano e vai responder por furto qualificado, já que houve abuso de confiança.

A religiosa foi desmascarada após divulgar um vídeo nas redes sociais que, embalada pela música, ‘apresentava’ os quatro carros que havia comprado com o dinheiro do furto para os filhos e para ela.

Os modelos escolhidos foram um VW Fox, um Hyundai HB20, um Fiat Pálio e um Ford Fiesta.

De acordo com a Polícia Civil (PC) do Mato Grosso do Sul, a mulher só confessou o crime após ter sido encontrado também, dentro da residência, quase R$ 50 mil em espécie.

Em nota ao O Popular, Professor Alcides disse que ela foi contratada após indicação de um amigo de um grupo de orações.

“Quebrando totalmente a confiança depositada nela, furtou o dinheiro e foi embora”, afirmou.

Conforme o deputado, o montante pertence ao Centro Universitário Alfredo Nasser (Unifan), que é de propriedade dele.

Volume de dinheiro encontrado na casa da mulher. (Foto: Divulgação/PC)

O dinheiro encontrado foi devolvido e os veículos apreendidos serão transferidos para o parlamentar.

Assista o vídeo:

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade