Idoso que ameaçou juiz de morte em Anápolis é preso em operação sigilosa da Polícia Civil

Casa onde o homem mora também foi alvo de busca e apreensão. Após o cumprimento, ele foi levado imediatamente para a cadeia pública do município

Da Redação -
Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc é a cadeia pública de Anápolis. (Foto: Reprodução)

Um homem de 61 anos foi preso em uma operação sigilosa da Polícia Civil em Anápolis nesta sexta-feira (15) e o motivo é bastante estarrecedor.

A determinação partiu da 3ª Vara Criminal de Anápolis após ele ameaçar de morte servidores da Prefeitura de Anápolis, um oficial de Justiça e um juiz da cidade.

O Portal 6 apurou que ele tinha barracas irregulares em um dos canteiros da Avenida Brasil Norte onde deve ser construído o Parque Linear.

Com a ordem judicial de reintegração de posse e despejo, elas foram arrancadas por máquinas a serviço município.

Furioso, o homem teria ido ao Centro Administrativo e prometido matar um procurador e servidores que participaram da ação judicial.

Essa mesma ameaça foi feita ao oficial de Justiça que o procurou para dar ciência da decisão e ao juiz que concedeu a retirada das barracas, que ele alugava de forma irregular.

Diante dessa situação, alguns servidores ficaram com medo do idoso cumprir a promessa e passaram a trabalhar em casa.

A segurança do magistrado também foi reforçada e providências internas dentro do judiciário goiano foram cobradas afim de responder com rigor esse tipo de ameaça.

O mandato de prisão e busca e apreensão na casa dele foi cumprido pela 1ª Delegacia de Polícia Civil e o homem foi levado de imediato para o Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, a cadeia pública de Anápolis.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.