Goiás lidera transação de PIX e ferramenta é usada para comprar ‘de um tudo’

Com quase um ano de funcionamento, R$ 73,2 bilhões já foram transferidos virtualmente

Karina Ribeiro -
Chega nova forma mais prática de receber e fazer pagamentos pelo Pix
Pix completa um ano com novidade (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

As transações em dinheiro por meio do PIX caíram nas graças do goiano.

Foi de longe o estado que mais realizou esse tipo de movimentação em todo o Centro-Oeste – com R$ 73,2 bilhões – após quase um ano dessa modalidade bancária. O levantamento foi realizado pelo site fiquemsabendo.com.br

De saquinho de pipoca até comercialização de veículos. O jeito online, rápido e, melhor, sem custo, está presente em quase todas as transações comerciais.

PublicidadePublicidade

Na prática, desde originado, os goianos realizaram quase 99,5 mil operações desse tipo. Isso significa que o valor médio de transferência de uma conta para outra foi de  R$ 736,74.

Em segundo lugar está Brasília, com R$ 43,1 milhões. Mesmo sendo conhecida por ter uma das maiores rendas salariais do país, ficou atrás de Goiás também no valor médio de transação – R$ 643,69.

Na sequência aparece Mato Grosso (MT), com R$ 38,3 bilhões, depois o Mato Grosso do Sul (MS), com R$ 24, 2 bilhões e, por último, o Tocantins (TO) – com R$ 10,3 bilhões.

Outro fator interessante é que Goiás registra o 7º lugar no ranking nacional.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.