PublicidadePublicidade

PF deflagra operação contra ‘madame’ que estava construindo “império” com herança do marido morto

Dinheiro usado pela mulher é fruto de crime e, além do município, agentes também cumpriram busca e apreensão em Pernambuco

Da Redação -
PF realizou o sequestro judicial de duas residências em Anápolis. (Foto: Divulgação / PF)

A Polícia Federal (PF) de Goiás deflagrou na manhã desta sexta-feira (22) uma operação que investiga uma viúva pelo crime de lavagem de dinheiro.

De acordo com a corporação, a ‘madame’ era casada com um ex-membro de organização criminosa que era especializada em tomar pequenas cidades para assaltos à bancos.

O companheiro dela morreu em um confronto com as forças policiais de Minas Gerais, em 2017, e as investigações mostraram que a suspeita estaria construindo um ‘império’, comprando casas em Anápolis para ocultar a origem dos valores adquiridos com os crimes praticados pelo grupo.

Os policiais federais já realizaram o sequestro judicial de duas residências, avaliadas em mais de R$ 1,5 milhões, e também cumpriram um mandado de busca e apreensão na cidade de Cabrobó, em Pernambuco.

PF realizou o sequestro judicial de duas residências em Anápolis. (Foto: Divulgação / PF)

A expedição das medidas foi feita pela 1º Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa e de Lavagem ou Ocultação de Bens, Direitos e Valores de Goiânia.

Caso a viúva seja condenada pelo crime de “lavagem”, ela poderá pegar pena de três até dez anos de prisão, além de multa.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.