Enel conseguiu descobrir o que causou explosão em subestação de Anápolis

Estrago foi tão grande que a empresa teve que improvisar usando uma "subestação móvel" para conseguir reestabelecer temporariamente o serviço

Danilo Boaventura -
Transformador da Subestação Universitária queimado após explosão. (Foto: Enel Goiás)

Nota da Enel Goiás enviada à imprensa na manhã deste deste domingo (24) atribuiu a explosão na Subestação Universitária, no Residencial das Américas, a “um curto-circuito provocado por animal”.

O incidente ocorreu no final da noite de sábado (23), deixando bairros das regiões Norte, Nordeste e Central da cidade sem energia elétrica. O pleno reestabelecimento da força de luz só ocorreu após as 02h de hoje.

No entanto, segundo a companhia, ‘clientes de Abadiânia e povoados de Bramápolis, Santa Lúcia e Posse D’Abadia também foram afetados’. A expectativa da empresa é de que até a normalização completa ocorra por volta das 11h.

PublicidadePublicidade

“No momento está sendo feita a instalação de uma subestação móvel na subestação, que substituirá o transformador até que ele seja reparado”, explicou a Enel.

Susto

Diversos registros da explosão foram feitos pelos moradores que moram próximo da subestação. Mesmo sem energia elétrica, dezenas deles conseguiram compartilhar fotos e vídeos nas redes sociais.

O conteúdo chamou a atenção sobretudo pelos estrondos ouvidos de dentro da unidade energética e não foram poucos os que temeram que algo pior acontecesse.

O Corpo de Bombeiros foi acionado no local para ajudar no controle das chamas.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.