Reunião entre Roberto Naves e classe médica abre margem para inflexão de ambos os lados

Portal 6 apurou que algumas demandas da categoria, como gratificações e forma de rever desligamento de credenciados que aderiram a greve, tiveram propostas satisfatórias

Danilo Boaventura -
Roberto Naves é prefeito de Anápolis. (Foto: Daniel Carvalho)

A tensão entre a classe médica e a Gestão Roberto Naves (Progressistas) teve um momento de inflexão no início da noite desta segunda-feira (25) com a realização de uma reunião solicitada pelo prefeito no Centro Administrativo.

O encontro, que contou com a presença de profissionais que atuam em áreas estratégicas na rede municipal, foi costurado pelos vereadores Jackson Charles e José Fernandes, ambos do PSB.

O presidente do Sindicato dos Médicos de Anápolis (SIMEA), Márcio de Paiva, e um representante do Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego) também acompanharam a conversa.

Algumas demandas da categoria, como retorno de gratificações e uma forma de rever o desligamento de médicos credenciados que chegaram a aderir a greve, tiveram avanço com propostas práticas.

Outras, como problemas de infraestrutura e cirurgias de trauma ortopédico, devem ser melhor discutidas na reunião periódica de terça-feira (26).

Como repercutido em primeira mão pelo Portal 6 na última semana, uma decisão judicial interrompeu a greve dos médicos iniciada no dia 15 de outubro.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.