Reclamações sobre milhas disparam com retomada de viagens

Principais problemas envolvem estorno, atendimento, cancelamento de passagens e milhas não creditadas

Folhapress -
Rio de Janeiro – Movimentação de passageiros na Rodoviária do Rio. Mais de 520 mil passageiros devem utilizar a rodoviária para viajar no próximo feriado de Carnaval. (Foto:Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O novo aquecimento da procura por viagens, impulsionado pelo relaxamento nas restrições da pandemia, veio acompanhado de uma disparada no volume de reclamações de consumidores sobre os serviços de milhas, segundo levantamento do site Reclame Aqui.

O número de queixas saltou de 25,7 mil de janeiro a setembro de 2019 para 62,7 mil no mesmo período deste ano.

Os principais problemas envolvem estorno, atendimento, cancelamento de passagens e milhas não creditadas.

O avanço supera o salto que o setor já havia registrado no ano passado, quando o levantamento apontou 47,9 mil queixas também de janeiro a setembro.

Edu Neves, presidente do Reclame Aqui, diz que 2020 teve uma inundação de milhas no mercado e também uma onda de cancelamentos de viagens, o que elevou os problemas com estorno.

Neste ano, os casos envolvem o entrave para o fechamento da compra da passagem devido à oscilação de preços.

“Agora também aparece muita gente se queixando da dificuldade de acumular as milhas. Isso é provocado pela alta do dólar, que atrapalha o acumulo de pontos e encarece as viagens”, afirma Neves.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.