Força-tarefa descobre mega esquema criminoso que deve abalar o setor de bebidas da Grande Goiânia

Desdobramentos da operação são esperados para breve e “lógica” das empresas foi o que mais chamou atenção de policiais e auditores

Karina Ribeiro -
Imagens de bebidas apreendidas em operação da Polícia Civil. (Foto: Divulgação/PCGO)

Um esquema não muito novo, mas com ‘descuidos’ que deixaram rastros de evidências de crimes como sonegação fiscal, receptação qualificada e organização criminosa culminou numa operação deflagrada pela Polícia Civil e auditores da Secretaria da Economia nesta sexta-feira (19).

A força-tarefa deve ter novos desdobramentos em breve, mas é possível adiantar que o meio operacional tinha um misto de sistema sofisticado com erros primário e envolve cinco gigantes de distribuição de bebidas da Grande Goiânia.

A parte mais engenhosa do esquema era emissão de notas fiscais. Muitas delas vinham de outros estados a partir das cargas roubadas, sobretudo roubadas de municípios do Triângulo Mineiro (Minas Gerais) e Mato Grosso do Sul (MS).

PublicidadePublicidade

As notas dessas cargas eram esquentadas por empresas ‘laranjas’ próprias para isso.

O Portal 6 conseguiu saber o nome de três delas, mas manterá em sigilo a identidade dessas distribuidoras para não atrapalhar as investigações.

“Inocência”

A engenharia, digamos, ‘inocente’ do esquema que envolve R$ 20 milhões por mês está na sonegação.

Embora tenham crescido avassaladoramente como empresa nos últimos 02 anos, algumas declararam lucro de apenas R$ 437,29.

Outra alegou ter ganhado apenas R$ 266,50 como diferença entre receita e despesa.

“Chega a ser ridículo”, qualificou o diretor fiscal da receita, Adalberto de Araújo Constantino.

Outro ponto que chamou atenção era que eles vendiam, em muitos momentos, produtos a preços inferiores aos do próprio fabricante da bebida.

Para isso, guardavam esse estoque longe da freguesia comum. Dentro da loja, só permaneciam as bebidas lícitas.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.