Motociclista morre ao colidir com ônibus do transporte coletivo, em Goiânia

Equipe da DICT foi ao local e constatou que motorista não havia ingerido álcool

Da Redação -
A batida teria ocorrido quando o motociclista teria feito uma conversão à esquerda e furado o sinal vermelho. (Foto: Divulgação/ DICT)

Maiurzan Pereira da Silva, de 56 anos, é o motociclista que morreu ao colidir com um ônibus da RMTC na Avenida Anhanguera, na altura do Setor Leste Universitário, no final da noite de terça-feira (23).

Relatos de testemunhas à equipe da Delegacia Especializada de Investigação de Crimes de Trânsito (DICT) dão conta de que a vítima, que conduzia uma Honda CG 125, trafegava pela faixa exclusiva para o transporte coletivo.

A batida teria ocorrido quando o motociclista teria feito uma conversão à esquerda e furado o sinal vermelho.

PublicidadePublicidade

Uma ambulância do Corpo de Bombeiros chegou a ser deslocada para o socorro, mas Mariuzan já estava em óbito.

O motorista do ônibus, de 51 anos, foi submetido ao teste do bafômetro e o resultado contatou que ele não havia ingerido álcool.

O caso deve ser investigado pela DICT a partir das provas colhidas no local.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.