Sediado em Anápolis, 2º Congresso Brasileiro de Direito Religioso é prestigiado por Caiado e diversas lideranças

“Fiz questão de estar aqui para aprender. É uma confraria de intelectuais, estudiosos, pessoas preparadas para debater o quanto é importante a liberdade religiosa”, destacou o governador

Pedro Hara -
Evento foi sediado na UniEvangélica, em Anápolis. (Foto: Júnior Guimarães)

O governador Ronaldo Caiado (DEM) participou, nesta quinta-feira (25), da abertura do 2º Congresso Brasileiro de Direito Religioso, realizado na sede da Universidade Evangélica de Goiás (UniEvangélica), em Anápolis, pelo Instituto Brasileiro de Direito e Religião (IBDR). O evento debaterá, até sexta-feira (26), o tema “economia, educação e o fenômeno religioso na laicidade colaborativa brasileira”.

“Fiz questão de estar aqui para aprender. É uma confraria de intelectuais, estudiosos, pessoas preparadas para debater o quanto é importante a liberdade religiosa, no seu sentido amplo. O que vamos ouvir aqui vai acrescentar e muito em nossa vida, e será um momento de muita reflexão para todos nós”, disse Caiado.

O evento trata do sistema de relação entre o Estado brasileiro e o fenômeno religioso, e o impacto dessa relação nas diversas áreas da comunidade política, inclusive na economia e na educação. Os palestrantes falam de temas como laicidade brasileira colaborativa; direito religioso e relações de trabalho; liberdade religiosa e economia; teologia e filosofia – a era secular.

O governador disse também que, após o período chamado “novo normal”, o país prepara a volta ao antigo normal. “Como vamos enfrentá-lo, enfim, qual é a participação do cidadão no processo do ano que vem?”, indaga. Ele lembra que será período de eleições, com os desafios das candidaturas e discussão dos princípios e do que se deseja para uma política nacional. “Tudo isso, acho que podemos tirar hoje, nas palestras que serão proferidas”, enfatizou.

O reitor da universidade, Carlos Hassel Mendes, ressaltou que é a liberdade de expressão a garantidora de que encontros de debates como o realizado possam contribuir com o conceito de cidadania. Ele também agradeceu ao governador pela participação. “Saudação especial ao governador, pela deferência de estar aqui conosco. Caiado tem sido um amigo da nossa instituição”, pontuou.

O vice-prefeito de Anápolis, Márcio Cândido, representou o prefeito Roberto Naves. Ele falou da importância de o município receber o congresso que definiu como significativo para o Brasil e agradeceu ao governador pela presença. “Esse anapolino, um dos grandes nomes da política brasileira, grande defensor de todos os nossos direitos e que tem exercido com excelência o Governo de Goiás”, acentuou.

Recepção de estudantes

Após deixar o auditório do Complexo Couto Magalhães da UniEvangélica, o governador Ronaldo Caiado foi recebido com festa por estudantes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental do Colégio Couto Magalhães.

No ginásio da instituição, acontece a Feira de Tecnologia do colégio que mobiliza alunos e o corpo docente. O governador vistoriou o evento, tirou fotos e deu autógrafos aos jovens.

Participam ainda outras autoridades convidadas como palestrantes, a exemplo da secretária Nacional da Família, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Angela Vidal Gandra Martins; o ex-chanceler do Instituto Presbiteriano Mackenzi, reverendo Davi Charles Gomes; os autores da obra Direito Religioso e Laicidade Colaborativa Brasileira, o presidente do IBDR, Thiago Rafael Vieira, e Jean Marques Regina; a coordenadora de Liberdade Religiosa no MMFDH, Natammy Bonissoni; o diretor do Seminário Martin Bucer, reverendo Franklin Ferreira; o coordenador de Estudos, Pesquisa e Avaliação do MMFDH, Gustavo Adolfo Pedrosa Daltro Santos.

E também o professor e procurador federal Marcel Simões; o PhD pela Universidade Gregoria, Marcus Boeira; o professor Valmir Nascimento Milomem, autor de diversas obras, entre elas “O Abuso do Poder Religioso”; o professor da Universidade de São Paulo (USP), David Azevedo; o professor Augusto César Rocha Ventura; o professor Alex Catharino; o presidente Centro Mackenzie de Liberdade Econômica, Antônio Cabrera Mano Filho; pesquisador e autor de livros reverendo Davi Lago; o professor Tiago Santos; o escritor e pastor Renato Vargens; presidente da Visão Nacional para a Consciência Cristã (Vinacc), pastor Euder Faber; assessor do MMFDH Warton Hertz de Oliveira; o reitor da UniEvangélica, Carlos Hassel Mendes; o especialista em Direito Público Jonas Moreno; o pianista Álvaro Siviero; e o sócio-diretor da Iaux Brasil, Paulo Oliveira.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.