Pago para não fazer nada, homem conta tudo sobre o emprego dos sonhos e faz sucesso mundial

Shoji Morimoto conquistou mais de 270 mil seguidores no Twitter e se tornou convidado especial em diversos programas televisivos

Gabriella Licia -
Japonês ganha vida e fama apenas por trabalhar de ‘não fazer nada’. (Foto: Reprodução)

Imagine só poder ganhar a vida trabalhando de não fazer nada? Pois bem, foi essa a profissão escolhida pelo físico japonês Shoji Morimoto.

Pós-graduado em terremotos, o homem, de 37 anos, recebe inúmeros pedidos de pessoas para que ele simplesmente fique ao lado delas, para ‘marcar presença’ e ouvir os desabafos.

Além de trabalhar apenas como acompanhante, ele ainda conquistou 270 mil seguidores no Twitter, e se tornou convidado especial em diversos programas televisivos do Japão, onde conta um pouco da trajetória.

Carreira

Morimoto sempre foi um excelente aluno e também bastante trabalhador.

Após concluir o mestrado na Universidade de Osaka, o japonês começou a se dedicar como editor de livros.

Foi no ano de 2017  que ele tomou a decisão de deixar o emprego e anunciar no perfil social que estaria oferecendo companhia monetizada, pois estava chateado com a rotina que levava.

O sucesso e repercussão foi tanto que saiu do controle de Morimoto, precisando atender a demanda com mais de 13h de trabalho por dia, cobrando valores fixos por hora.

Ele conta que os perfis de clientes são bem variados, sendo contratado por críticos de hotéis, por mulheres que necessitam de uma companhia para assinar os papéis de divórcio e até mesmo por homens em situações de julgamento judicial.

Mas no fim, todos com a necessidade: ter um ombro amigo.

Japonês ganha vida e fama apenas por trabalhar de ‘não fazer nada’. (Foto: Reprodução)

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.