Pessoa infectada com ômicron foi a show com 1600 pessoas na Dinamarca

"Seguimos as orientações à risca. Nesse sentido, ninguém entrou sem ter um passe corona válido. Isso se aplica ao público e convidados de outros eventos na casa", disse o diretor do evento

Folhapress -
SES aponta o que deve ser feito após chegada de cepa Ômicron em Goiás (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Uma pessoa infectada com a nova variante do coronavírus ômicron participou no último fim de semana de um show do DJ dinamarquês Martin Jensen na cidade Aalborg, na Dinamarca. Segundo autoridades do país, cerca de 1.600 pessoas estavam no local.

A Dinamarca já confirmou quatro casos da nova variante, todas eles com passagem recente para a África do Sul. As autoridades sanitárias não confirmaram se o espectador do show era uma delas.

Segundo a imprensa local, todos os participantes tinham que apresentar um passaporte de Covid-19 válido para entrar no evento.

As regras dinamarquesas estipulam que as pessoas devem provar vacinação completa -ou recuperação da Covid nos seis meses anteriores-, um teste PCR negativo nas últimas 72 horas ou um teste rápido de antígeno nas últimas 48 horas para entrar em restaurantes, cafés e eventos internos.

“Seguimos as orientações à risca. Nesse sentido, ninguém entrou sem ter um passe corona válido. Isso se aplica ao público e convidados de outros eventos na casa”, disse o diretor do evento, Nick Holm.

As pessoas que estavam no show serão acompanhadas nos próximos dias.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.