Estas são as razões pelas quais você deve ter cuidado com massagens no pescoço

Região abriga inúmeras artérias importantes e é necessário ter um cuidado especial

Anna Júlia Steckelberg -
Estas são as razões pelas quais você deve ter cuidado com massagens no pescoço
Essa área é muito sensível e vulnerável, já que é lá que estão grandes artérias do nosso organismo. (Foto: Reprodução)

É final de ano e com certeza você também deve estar esgotado. Afinal, quem não trabalhou muito nos últimos dias? Inclusive, esse cansaço todo é motivo suficiente para uma boa massagem. Bom, mas você sabia que devemos ter cuidado com massagens no pescoço? Isso porque essa área é muito sensível e vulnerável, já que é lá que estão grandes artérias do nosso organismo.

Após essa informação, você deve estar pensando: como recusar uma boa massagem nessa região? Basicamente, além de abrigar importantes artérias, é uma região que acumula muita tensão. Entretanto, essas massagens, aparentemente inofensivas, podem causar problemas sérios e muito mais.

Logo, é importante uma movimentação delicada na área. Por exemplo, movimentos circulares, que geram o relaxamento, promovendo a circulação sanguínea e até ajudando no tratamento de dores crônicas. 

PublicidadePublicidade

Por que ter cuidado com massagens no pescoço?

Bom, ainda não pode estar claro para você, mas vamos entender. Em suma, é necessário ter um cuidado especial. Isso porque, a fricção do tecido conjuntivo pode danificá-lo, e até as artérias podem ser danificadas. 

Para termos uma ideia, há uma artéria, conhecida como carótida, que fica em pontos altamente expostos no pescoço. Além disso, ela é uma das principais que leva sangue para o cérebro. Por isso, os danos a ela podem levar a acidentes vasculares cerebrais ou danos à medula espinhal.

Mas não se assuste! De acordo com alguns médicos e fisioterapeutas, esses acidentes são casos bem isolados. Todavia, não podemos ficar desatentos. Logo, só realize essas massagens com profissionais. 

Aviso: Este texto é de caráter meramente informativo e não tem a intenção de fornecer diagnósticos nem soluções para problemas médicos ou psicológicos. Em caso de dúvida, consulte um especialista antes de começar qualquer tipo de tratamento.

Siga o Portal 6 no Instagram: @portal6noticias e fique por dentro de todas as novidades!

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.