Goiânia e Anápolis confirmam os primeiros casos da Ômicron e estado declara transmissão comunitária

No total, Goiás possui nove municípios que já detectaram a presença da nova variante

Pedro Hara -
Goiás tem novos casos suspeitos de Flurona. (Foto: Divulgação)

A variante Ômicron foi detectada nas cidades de Goiânia e Anápolis. A informação foi confirmada pela Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO) nesta quinta-feira (30).

No total, Goiás possui 38 notificações da nova cepa, sendo que 16 deles foram descobertos no último sequenciamento realizado pela pasta.

Em Goiânia foram quatro confirmações, enquanto em Anápolis foram duas.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia informou que a primeira detecção foi realizada em uma mulher de 40 sem histórico de viagem. Os outros três casos ainda não foram detalhados.

Já a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Anápolis comunicou que ambas as identificações ocorreram em jovens já vacinados e que estão com quadro leve da doença.

Diante deste cenário, o estado declarou a transmissão comunitária da Ômicron. Ou seja, a transmissão está ocorrendo em pessoas que não viajaram ou não tiveram contato com outros indivíduos que estiveram em países onde a variante já havia sido detectada.

Com as confirmações, Goiás possui 09 municípios com casos da nova cepa. São eles: Anápolis (02 casos), Aparecida de Goiânia (22), Bela Vista (01), Caldas Novas (01), Ceres (01), Goianésia (03), Goiânia (04), Inhumas (02) e São Luís de Montes Belos (01).

Ainda há uma notificação residente de outro estado que não foi revelado.

 

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.