Cobra letal e com “ruído” alto é encontrada em local inesperado em Anápolis

Corpo de bombeiros precisou ser acionado de imediato para capturar o perigoso animal

Caio Henrique -
Serpente, que é peçonhenta, foi retirada de fazenda de Anápolis pelo Corpo de Bombeiros. (Foto: Captura)

O Corpo de Bombeiros precisou ser acionado com urgência nesta quinta-feira (06) em uma fazenda da zona rural de Anápolis.

É que uma perigosa cobra da espécie cascavel foi avistada na propriedade pelo morador, que não hesitou em pedir ajuda.

A serpente, que é peçonhenta e bastante letal, deu muito trabalho para os militares envolvidos na ocorrência.

Em um vídeo, registrado no momento da captura, é possível perceber o esforço e cautela dos bombeiros na tentativa de retirar o animal sem colocar ninguém em risco.

A todo momento, é possível escutar o som do tradicional “chocalho” da cascavel, que se agita quando a cobra está irritada, resultando no famoso e intimidador ruído.

Felizmente, a corporação conseguiu lidar com excelência na situação, garantindo a retirada do réptil.

Posteriormente, ele foi encaminhado para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), em Goiânia.

Em tempo

Um levantamento realizado com exclusividade pelo Portal 6, junto a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), mostrou que 41 moradores de Anápolis precisaram ser hospitalizados após ataques de cobras venenosas em 2021.

Destes, 11 foram causados por cascáveis, espécie bastante conhecida por carregar uma toxina intensa e perigosa.

A médica veterinária e doutora especialista em Animais Selvagens, Elisangela Sobreira, explica que é preciso verificar com atenção antes de adentrar qualquer ambiente.

Em casos de picadas, tirar foto do animal é muito importante para auxiliar os profissionais da saúde na formulação do soro adequado para o tratamento.

“Nunca façam torniquete ou tentem chupar o veneno, porque irá piorar ainda mais o caso”, afirmou também a veterinária.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.