Dada como morta, idosa acorda no necrotério e diz que quer um namorado

Caso atípico chamou atenção nas redes sociais e será investigado pela Polícia Civil

Lucas Tavares -
Caso de idosa que acordou no necrotério chamou a atenção nas redes sociais. (Foto: Reprodução)

Uma idosa, de 78 anos, foi dada como morta por engano em Cidreira, no Rio Grande do Sul. O caso atípico chamou atenção nas redes sociais.

Tudo começou quando Dona Clotilde Rieck  passou mal e seguiu para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município no dia 30 de dezembro e foi diagnosticada com infecção urinária.

No dia seguinte (31), a idosa teve duas paradas cardíacas. Então, uma médica contratada por uma empresa terceirizada constatou o óbito.

Dona Clotilde já estava no necrotério da cidade quando um funcionário da funerária, no momento de preparar o corpo para o velório, escutou a senhora gritando.

O homem saiu em busca de ajuda e a paciente foi transferida para um hospital em Porto Alegre. Após melhora, Clotilde gravou um vídeo para os familiares dizendo: “quero ir para casa ver as minhas gatinhas e arrumar um namorado”.

Em entrevista a Record TV, o prefeito da cidade informou que a profissional foi afastada do cargo e o caso encaminhado para Polícia Civil.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade