Com variação no preço de até 234%, tomate volta a ser “ouro” no prato do anapolino

Vale lembrar que a cidade está próxima de um dos municípios que mais produz o produto no país, que é Goianápolis

Augusto Sobrinho -
Tomates em gôndola de supermercado junto a outros hortifruti. (Foto: Divulgação)

O Procon Anápolis realizou uma pesquisa na primeira semana de março e identificou que o tomate está sendo o maior vilão da cesta básica e voltou a ser “ouro” no prato do anapolino.

Os ficais analisaram os preços de 23 itens e o que mais chamou atenção foi esta fruta, que apresentou variação de 234%, podendo ser encontrada entre R$ 2,99 e R$ 9,99 nos mercados.

Vale lembrar que a cidade está próxima de um dos municípios que mais produz o alimento no país, que é Goianápolis, região nordeste do Estado.

Outros alimentos que se destacaram na pesquisa foram a batata, com variação de 127%, e a banana, que variou 94%.

Genéricos

Além da cesta básica, o órgão também pesquisou entre os dias 23 e 25 de fevereiro o preço dos medicamentos genéricos e de referência.

Na comparação do Procon, os similares podem ser 59,9% mais baratos do que os demais, representando uma grande economia no bolso do consumidor.

Por exemplo, a Nimesulida 100mg, com 12 comprimidos, pode ser encontrada entre R$, 1,89 e R$ 8,70, uma diferença de 360%, e a  Maleato de Dexoclorfeniramina + Betametasona de 0,4mg/ml 0,05 120ml, entre R$ 24 e R$ 47, oscilação de 96%.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.