Professores são detidos durante inauguração de CMEI, em Goiânia

Manifestantes cobravam reajuste salarial e foram prontamente contidos pela Guarda Civil Municipal

Pedro Hara -
Manifestante foi contido pela GCM. (Foto: Captura)

Durante a inauguração de um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI), na Vila Areião, em Goiânia, dois professores foram detidos, segundo o Sindicato Municipal dos Servidores da Educação (Simsed).

A implantação da unidade de ensino contava com a presença do prefeito Rogério Cruz (Republicanos). No decorrer da solenidade, manifestantes começaram a protestar pedindo melhorias salariais.

Em um vídeo gravado no local é possível ver que integrantes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) fazem um cordão de isolamento em torno de um carro da prefeitura, mas a corrente é furada por um dos protestadores que sobe no teto do veículo.

Após descer, o manifestante foi perseguido e pego pela GCM, mas pessoas presentes no local disseram que houve agressão e truculência durante o ato.

Em nota, a prefeitura de Goiânia lamentou profundamente “as cenas de desrespeito e violência promovidas por alguns manifestantes e afirmou que trabalha para identificar os agressores”.

A Administração Municipal destacou que a GCM fez “uso progressivo da força, para desobstruir a passagem do veículo”.

O Portal 6 tentou contato com o Simsed, mas não teve resposta até o fechamento desta matéria. O espaço segue aberto para a manifestação.

Confira o momento em que um dos manifestantes sobe no teto do carro da prefeitura:

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.