Idosa é assassinada dentro do Hospital de Urgências de Goiânia

Suspeito do crime ainda estava na unidade quando a polícia chegou e foi preso em flagrante

Da Redação -
Hospital de Urgências de Goiânia. (Foto: Divulgação/Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde)

A Polícia Civil vai apurar a morte de uma idosa, de 75 anos, registrada na noite de quinta-feira (07), no Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO).

Policiais militares foram acionados para ir ao local por volta das 19h e de imediato receberam a informação de que uma paciente teria sido assassinada dentro da unidade.

Uma testemunha afirmou aos agentes ter visto quando um homem, de 47 anos, foi até o leito da senhora para ajudá-la, mas ela rejeitou os cuidados. Depois, ele teria retornado e sido visto em cima da idosa, já sem sinais vitais.

Encontrado ainda no local, o suspeito afirmou que viu a paciente pedindo ajuda e se deslocou até ela para limpar a traqueostomia, que serve para possibilitar a chegada do ar nos pulmões.

Ele alega que fez a limpeza enquanto tampava, com a outra mão, o buraco da traqueostomia dela. Teria sido quando a vítima parou de se mexer e faleceu.

Ainda não há informações se o homem prestava serviços no hospital ou se estaria na unidade como acompanhante de alguém. Ele foi preso em flagrante e está à disposição da Justiça.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade