Preço do etanol subiu drasticamente em Anápolis, mas deve voltar a cair muito em breve

Presidente do Sindiposto explicou ao Portal 6 o que motivou o problema e reafirmou que o combustível da cidade tem um dos valores mais baixos de Goiás

Lucas Tavares -
Preço do etanol já ultrapassou os R$5 em Anápolis. (Foto: Rafaella Soares)

Há algumas semanas, o motorista anapolino passou a enfrentar um grande problema: o aumento constante no preço do etanol. Em determinados postos da cidade, o valor já ultrapassa, com certa folga, a marca dos R$ 5.

E isso acontece por uma questão simples: a grande demanda pelo produto está fazendo com que as distribuidoras subam o preço consideravelmente.

De acordo com o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo em Goiás (Sindiposto), Márcio Andrade, os postos acabam sendo obrigados a repassar o aumento para o consumidor.

“A margem [de lucro] do posto é muito pequena, principalmente em Anápolis onde nós temos uma competição muito acirrada, onde os preços já são um dos mais baixos do estado”, explicou.

A expectativa do sindicato é que os preços comecem a cair nas próximas semanas, quando se dá o início da safra de cana-de-açúcar.

“Com a oferta do produto aumentando, a tendência é de queda [nos preços]”, afirmou Márcio Andrade.

Gasolina

Diferentemente do etanol, o preço da gasolina na cidade continua estável, sem grandes alterações.

Um levantamento feito pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), em 2022, mostrou que o valor aplicado em Anápolis é um dos mais baratos do estado.

“Essa notícia é boa para o consumidor anapolino. Isso se dá por fatores de competição entre os postos. É uma competição mais acirrada, além de ser também uma questão de mercado”, explicou o presidente do Sindiposto.

Apesar disso, segundo Márcio Andrade, o futuro ainda é incerto, pois os derivados de petróleo sofrem forte influência do mercado internacional.

“É difícil fazer previsões nesse mercado de combustíveis com tanta confusão no mundo. Depende do destino da guerra e de uma série de fatores que fogem ao nosso controle”, concluiu.

Fiscalização

Instado pelo Portal 6 a comentar se já existe um monitoramento ou fiscalização em relação ao aumento do etanol nos postos de combustíveis, o Procon Anápolis não deu nenhum retorno. O espaço segue em aberto e a matéria será atualizada caso o órgão se manifeste.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade