Governo Federal libera benefício para cerca de 4 milhões de pessoas; consulte pelo CPF se você receberá

Dinheiro será disponibilizado pela Caixa Econômica Federal até o dia 15 de junho

Augusto Araújo -
Governo Federal libera benefício para cerca de 4 milhões de pessoas; consulte pelo CPF se você receberá
Caixa Econômica Federal. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Cerca de 4 milhões de pessoas estão liberadas para fazer o saque extraordinário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), podendo receber até R$ 1 mil.

O dinheiro das contas ativas e inativas dos trabalhadores será disponibilizado pela Caixa Econômica Federal até o dia 15 de junho, conforme o calendário do benefício. 

Assim, o saque vai abranger não só quem possui contrato de trabalho ativo, mas também desempregados e empregadas domésticas.

Dessa forma, confira como fazer uma consulta através de seu CPF para saber se você terá direito a receber o benefício.

Governo Federal libera benefício para cerca de 4 milhões de pessoas; consulte pelo CPF se você receberá

Primeiro, vale destacar que, para receber o FGTS extraordinário, não é preciso fazer nenhum tipo de solicitação. 

Se você estiver apto ao saque, a Caixa irá depositar o valor na conta poupança digital no Caixa Tem, na data prevista em calendário.

Portanto, se você possuir mais de uma conta vinculada ao Fundo de Garantia e com saldo disponível, será possível ver pelo aplicativo do FGTS de onde o valor está sendo retirado.

Como consultar 

Para que os trabalhadores possam fazer a consulta dos valores disponíveis, a Caixa liberou um novo site.

Assim, o banco oferece dois canais para consultar informações sobre o Fundo de Garantia: o aplicativo do FGTS e o site – fgts.caixa.gov.br.

A plataforma permite a consulta pelo CPF para descobrir se o trabalhador tem direito ao saque extraordinário e a data em que o dinheiro será creditado na conta poupança digital do Caixa Tem.

Já o aplicativo ganhou uma seção dedicada especificamente para o benefício. Clicando nessa opção, o sistema irá informar o valor disponível para saque, de qual conta o dinheiro está sendo retirado, além da data e a conta em que ele será depositado.

Vale lembrar que o trabalhador não é obrigado a fazer o saque do FGTS liberado em 2022 e o app oferece ainda a opção de não receber os valores para quem não deseja sacar o dinheiro. 

Siga o Portal 6 no Instagram: @portal6noticias e fique por dentro de todas as novidades!

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade