Deputados aprovam proibição do corte de luz nos finais de semana e véspera de feriado em Goiás

Para começar a valer, medida também precisa ser avaliada pela Governadoria

Augusto Sobrinho -
Situação prejudica e gera constrangimentos e transtornos aos goianos. (Foto: Divulgação/Enel)

Os goianos, que não puderam pagar a conta de luz, poderão ficar tranquilos quanto aos cortes no fornecimento da energia elétrica nos finais de semana ou vésperas de feriados no estado.

Uma vez que os parlamentares aprovaram, nesta quarta-feira (27), na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), o projeto de lei de autoria do deputado Bruno Peixoto (União Brasil).

A propositura proíbe o corte de luz entre às 12h de sexta-feira e 08h da segunda-feira e entre às 12h da véspera de feriados nacionais, estaduais ou municipais até às 08h do dia subsequente.

Segundo o autor, o projeto leva em conta que as agências bancárias, lotéricas e a própria Enel Goiás estão fechadas fora de horário comercial, o que impede os clientes de quitar a dívida.

“Propomos que a concessionárias ajuste os cortes para dias específicos, dando chance ao consumidor, principalmente o de baixa renda, de quitar ou negociar seus débitos”, afirmou na justificativa.

Bruno Peixoto ainda destaca que esta situação prejudica e gera constrangimentos e transtornos aos consumidores. Entretanto, para começar a valer, medida ainda precisa ser avaliada pela Governadoria.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.