6 raças de cachorros que entraram em extinção e nem todo mundo teve a oportunidade de conhecer

Ao longo da trajetória da humanidade, os animais sempre estiveram presentes, sendo muito além de melhor amigo do homem

Anna Júlia Steckelberg -
6 raças de cachorros que entraram em extinção e nem todo mundo teve a oportunidade de conhecer
Essa é uma versão mais valente que os atuais Bulgogues. (Foto: Reprodução)

Quando o ser humano sentiu a necessidade de deixar de lado o nomadismo e adotar sistemas de agricultura e comércio, ele começou também a criar animais. E para além de consumo próprio, muitos desses animais foram usados para proteção, pastoril, trabalho e também para ser um amigo. Os cachorros, por exemplo, conquistaram povos e nações, que começaram a adquirir esse pet para ser um melhor amigo. Todavia, ao longo desse tempo existiram diversas raças de cachorros que entraram em extinção, conheça!

6 raças de cachorros que entraram em extinção e nem todo mundo teve a oportunidade de conhecer:

1. Tesem

6 raças de cachorros que entraram em extinção e nem todo mundo teve a oportunidade de conhecer

Os registros que se tem desse cão estão nos desenhos egípcios. (Foto: Reprodução)

Aqui temos uma das raças mais antigas, domesticadas pelo ser humano, que se tem testemunho. Para termos uma ideia, eles eram usados em várias representações em antigos túmulos egípcios. Entre as raças conhecidas hoje, assemelha-se ao “pharaoh hound”.

2. Antigo Buldogue Inglês

6 raças de cachorros que entraram em extinção e nem todo mundo teve a oportunidade de conhecer

Essa é uma versão mais valente que os atuais Bulgogues. (Foto: Reprodução)

Nesse tópico, temos o ancestral mais antigo e feroz dos atuais Bulldog-inglês. O Antigo Buldogue inglês, já extinto, teve sua origem na Grã Bretanha e foi muito popular em toda a Europa até meados do século XIX. Acredite se quiser, naquela época, os animais eram usados nas famosas batalhas entre cachorros e touros.

3. Braco duPuy

O Braco duPuy existiram por volta do século XIX. (Foto: Reprodução)

A Braco Dupuy é uma raça francesa antiga, que existiu por volta de 1800. Segundo conta-se a lenda que envolve esse cão, seu nome vem de um caçador chamado Dupuy, que supostamente o teria criado, junto a seu irmão, através de cruzamentos entre uma raça africana com o braco francês. Interessante, não é?

4. Rastreador Russo

6 raças de cachorros que entraram em extinção e nem todo mundo teve a oportunidade de conhecer

Esse dog era um ótimo pastor. (Foto: Reprodução)

Como o nome já diz, essa raça originou-se na Rússia e era usada para a proteção de ovelhas em propriedades. Esses peludos eram muito grandes, fortes e velozes e espantavam lobos e outros animais que perseguiam e se alimentavam dos rebanhos.

5. Cão D’água St. John

O Cão D’Água St. John era gigante. (Foto: Reprodução)

Pouco se sabe sobre o Cão D’água St. John, mas, segundo pesquisas, eles são os possíveis ancestrais dos famosos Golden Retriever e Labrador Retriever.

6. Cão Lutador da Córdoba

6 raças de cachorros que entraram em extinção e nem todo mundo teve a oportunidade de conhecer

Uma das raças mais temidas que já existiu. (Foto: Reprodução)

Por último, temos esse cão que originou-se aqui na América do Sul, mais precisamente na Argentina. Conhecido por sua agressividade excessiva, o Cão Lutador da Córdoba foi um dos originários do Dogo Argentino.

Siga o Portal 6 no Instagram: @portal6noticias e fique por dentro de todas as novidades!

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade