“Usei o fundo do poço como trampolim”, diz enfermeira que teve perna amputada um mês antes do casamento

Acidente em Goiânia serviu como motivação para que profissional tivesse uma mudança de vida

Gabriella Pinheiro -
Aos 37 anos, mulher se tornou influenciadora digital e está grávida do 4°filho. (Foto: Reprodução/ Instagram)

Um acidente que poderia ter destruído completamente os sonhos da enfermeira Bianca Carvalho, de 37 anos, acabou servindo de superação.

Desde 2020, a profissional que teve a perna amputada após ser atropelada por um carro em Goiânia, em 2002, utiliza as plataformas digitais para contar a história e ajudar pessoas que passaram por situação semelhante.

“Quando eu olhei no espelho após engravidar da minha última filha, eu não me reconheci. Decidi ir nas redes sociais tentar buscar um apoio e ver pessoas que viveram experiências semelhantes, mas não encontrei. Foi aí que eu decidi contar um pouco da minha experiência para as demais pessoas na internet”, diz.

A partir de então, a enfermeira se tornou um verdadeiro sucesso na internet e já conquistou quase 15 mil seguidores no Instagram.

“Eu usei o fundo do poço como trampolim. Após o acidente me especializei em áreas que passei dificuldade como tratamento de feridas e obstetrícia, e tentei canalizar tudo o que eu enfrentei para as redes”, completa.

O acidente aconteceu em 2002 enquanto ela pilotava uma moto próximo ao Terminal Isidória, na capital.

“A mulher acabou furando o pare e me pegando em cheio. O meu corpo foi jogado na calçada e ela não desceu no carro em nenhum momento para me atender. Eu lembro como se fosse agora, não perdi a consciência em momento algum”, conta.

Bianca foi encaminhada para o Hospital de Urgências de Goiás (HUGO) e teve que passar por cirurgias para a retirada da perna e quase chegou a perder o braço.

Para piorar a situação, faltava apenas um mês para o casamento dela acontecer. No entanto, a tragédia não foi capaz de interromper os planejamentos da influencer.

“Cerca de um mês depois eu e meu esposo seguimos em frente e nos casamos. Foi uma festa pequena e casei na cadeira de rodas, com dengue e tomando água de coco. Meu vestido juntamente com o véu foi adaptado também, então muita coisa mudou”, revela.

Desde o acidente, a profissional afirma que já passou por 08 cirurgias e até hoje toma medicamentos para lidar com as complicações.

“Há dois anos, eu tive problema na perna de novo. As próteses estavam me dando muitas feridas e agora eu não tenho joelho e tomo alguns medicamentos ainda”, afirma.

Atualmente, Bianca está grávida do quarto filho e busca aprimorar ainda mais a recém função de influenciadora.

“Eu tenho os meus momentos de tristeza, mas eu sigo em frente e busco sempre superar. Nem sempre tudo está bom e se algo está doendo, a gente tem que se permitir vivenciar aquilo que nós sentimos e tento levar isso nas redes sociais”, desabafa

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.