Republicanos querem derrubar a casa do Mickey, diz Biden em jantar de correspondentes

Evento, realizado desde os anos 1920, não ocorreu em 2020 e 2021, devido à pandemia

Folhapress -
Biden xinga repórter da Fox News de filho da puta sem notar microfone aberto (Foto: The White House)

RAFAEL BALAGO
WASHINGTON, EUA (FOLHAPRESS) – O presidente dos EUA, Joe Biden, retomou neste sábado (30) uma tradição da política americana: fazer piadas sobre si mesmo no jantar da WHCA (Associação de Correspondentes da Casa Branca).

O evento, realizado desde os anos 1920, não ocorreu em 2020 e 2021, devido à pandemia, e não teve a presença de Donald Trump nos anos em que ele foi presidente. O último líder a ir ao evento havia sido Barack Obama, em 2016.

Biden começou seu discurso fazendo piada com sua rejeição nas pesquisas de avaliação de seu governo. “Estou realmente animado de estar aqui hoje com o único grupo com menor taxa de aprovação que eu”, disse, se referindo à imprensa.

O presidente fez ironia com as dificuldades em aprovar projetos. “Esperava encarar oposição dura do Senado, mas que isso viria dos republicanos. Mas não estou preocupado com as midterms [eleições de meio de mandato]. Podemos ter mais impasses no partido, mas estou confiante que possamos resolver isso durante meus seis anos que restam de mandato”, brincou, como se estivesse com a reeleição garantida.

Sobre a oposição, fez graça com os embates do governo da Flórida com a Disney, que se posicionou contra uma lei estadual que veta conteúdos sobre gênero em escolas. “Ronald Reagan disse a Gorbatchov: ‘Derrube este muro’. Hoje os republicanos dizem: ‘Derrubem a casa do Mickey Mouse’. E logo eles vão atacar o castelo da Cinderela.”

Biden também afirmou estar feliz por Brandon, nome usado pelos republicanos em camisetas e postagens. A frase “Let’s Go Brandon” virou um lema contra o presidente, depois que um repórter esportivo entendeu um xingamento contra Biden, durante um evento, como estímulo a um piloto. “Ele parece estar tendo um bom ano”, ironizou.

Na segunda parte do discurso, Biden adotou tom mais sério ao falar sobre a Guerra da Ucrânia e ressaltar a importância da imprensa. “Sempre acreditei que o bom jornalismo é um espelho para nós mesmos, para refletir o bom, o mau e a verdade.”

Após Biden, o humorista sul-africano Trevor Noah fez piadas com a imprensa, o presidente e a oposição.

Começou ironizando o próprio jantar. “Vocês gastaram os últimos dois anos dizendo a todos a importância de usar máscaras e evitar grandes aglomerações em lugares fechados. E no segundo que alguém oferece a vocês um jantar, vocês se voltam para Joe Rogan”, disse, citando um comediante e apresentador que minimizou a pandemia.

O evento reuniu cerca de 2.600 pessoas em um salão de um hotel em Washington, com bastante proximidade entre as mesas. Foram tomadas precauções para tentar evitar contágios, como exigir teste de Covid com resultado negativo feito no mesmo dia e comprovante de vacinação. Apesar disso, Biden optou por ficar menos tempo no local. Ele não participou do jantar e chegou na hora em que a sobremesa estava sendo servida.

Nas últimas semanas, houve vários casos de contágio por Covid na Casa Branca. A vice-presidente, Kamala Harris, anunciou ter sido contaminada. No começo de abril, Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Representantes, também teve Covid. As duas não tiveram complicações.

O jantar dos correspondentes é realizado pela WHCA desde 1920. O dinheiro arrecadado com a venda de convites para o jantar é usado para custear as atividades da entidade durante o ano e bancar bolsas de estudo.

Desde 1924, os presidentes americanos costumam comparecer ao evento. O único a não ir foi Donald Trump.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.