6 coisas totalmente inimagináveis que os médicos já esqueceram dentro dos pacientes

Objetos, na maioria das vezes, foram deixados após a realização de procedimentos cirúrgicos

Anna Júlia Steckelberg -
6 coisas totalmente inimagináveis que os médicos já esqueceram dentro dos pacientes
A esponja é usada para limpar o sangue. (Foto: Reprodução)

Tesoura, pinça e gases, já pensou em encontrar um desses objetos dentro do seu corpo anos depois de ter feito uma cirurgia? Parece um pouco perturbador pensar nisso, mas diversos médicos já esqueceram itens como esses. Veja agora alguns objetos que os médicos já esqueceram dentro dos pacientes!

6 coisas totalmente inimagináveis que os médicos já esqueceram dentro dos pacientes:

1. Afastador maleável

6 coisas totalmente inimagináveis que os médicos já esqueceram dentro dos pacientes

Esse equipamento possui entorno de 30 centímetros. (Foto: Reprodução)

Vamos começar nossa lista com esse objeto que é utilizado para afastar a pele e os músculos superficiais. Por exemplo, em cirurgias neurológicas usa-se para o afastamento do couro cabeludo ou em operações que envolvem a coluna, serve para afastar os músculos superficiais.

Mas aqui temos o dispositivo de metal de 32 centímetros preso dentro do abdômen de um homem.

2. Esponja cirúrgica

6 coisas totalmente inimagináveis que os médicos já esqueceram dentro dos pacientes

A esponja é usada para limpar o sangue. (Foto: Reprodução)

Aqui temos um produto multifuncional. Ele serve para o controle do sangramento, estabilização do coágulo sanguíneo, preenchimento dos espaços gerados nas cirurgias, aceleração do processo de cicatrização e proteção do leito da ferida cirúrgica.

Acontece que depois de fazer uma cesariana, uma mulher procurou o seu médico relatando fortes dores no estômago. Pensando ser uma tumor, não se passava de nada mais nada menos que uma esponja cirúrgica dentro do seu sistema digestivo.

3. Agulha

6 coisas totalmente inimagináveis que os médicos já esqueceram dentro dos pacientes

A agulha curvada auxilia na hora da sutura. (Foto: Reprodução)

Essa agulha serve para melhor se adequar a região onde a sutura é feita em uma cirurgia. O problema é que depois de uma operação médica, um homem sentiu fortes dores na região do coração, após diagnóstico uma agulha esquecida foi encontrada lá. Infelizmente, ele não sobreviveu.

4. Fio guia

O fio guia é usado para fazer intubação. (Foto: Reprodução)

Um fio guia é indicado para facilitar a colocação de instrumentos cirúrgicos durante o diagnóstico ou procedimentos de intervenção. Mas, no ano 2000, um médico esqueceu um desses dentro de um paciente. Desta vez, o fio possui 60 centímetros e começava na virilha, terminando no peito.

Após alguns exames, o homem descobriu a presença desse corpo estranho e infelizmente não teve nenhuma sequela grave.

5. Grampo cirúrgico

O grampo ajuda na hora da cicatrização. (Foto: Reprodução)

Um grampo cirúrgico é usado para unir a pele ou fáscia de um paciente. Também nos anos 2000, um homem de meia idade sentiu fortes dores na região do abdômen, até que descobriram que a fonte era um grampo de metal que estava atrás do fígado.

6. Fórceps cirúrgico

O fórceps é usado para expansão. (Foto: Reprodução)

O fórceps é responsável pela expansão óssea através do rompimento das fibras do ligamento. Após passar por uma cirurgia no fígado, uma mulher descobriu que o fórceps cirúrgico que os médicos usaram estava escondido dentro de seu corpo há anos. Felizmente, durante a remoção do fórceps, nenhum sinal de reação patológica era evidente dentro do abdômen.

Siga o Portal 6 no Instagram:@portal6noticias e fique por dentro de todas as novidades!

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.