6 erros ao beber água que podem estar colocando sua saúde em risco

Alguns hábitos podem contribuir para o desencadeamento de problemas no organismo, simplesmente pela ingestão incorreta do líquido

Gabriella Licia -
É preciso ter atenção às formas de utilizar a água. (Foto: Reprodução)

Beber água pode parecer um exercício extremamente fácil e normal, mas saiba que existem alguns sérios riscos que podem prejudicar a saúde gravemente.

Há hábitos adotados normalmente por diversas pessoas que podem contribuir para o desencadeamento de problemas no organismo, simplesmente por beber água da forma incorreta.

Diante disso, o Portal 6 separou uma lista de costumes que devem ser evitados a todo custo, para que não haja comprometimento da sua saúde e o corpo continue hidratado e bem. Confira!

6 erros ao beber água que podem estar colocando sua saúde em risco

É preciso ter atenção às formas de utilizar a água. (Foto: Reprodução)

6 erros ao beber água que podem estar colocando sua saúde em risco:

1. Beber muita água de uma vez

É muito escutado por aí que é preciso ingerir, no mínimo, dois litros de água por dia e, devido a correria do dia a dia, algumas pessoas decidem beber mais quantidade de uma vez para ‘se livrar da culpa’.

Por exemplo: beber 1,5 L de água pela manhã, em pouco intervalo de tempo, para ter que se preocupar apenas com 500 mL durante o restante do dia.

Isso pode provocar um mal enorme para a saúde por causar distensão abdominal, sobrecarrego nos rins e hiponatremia – uma alteração caracterizada pela baixa concentração de sódio no sangue.

2. Demorar muito para beber água 

Esse grande intervalo de tempo para ingerir água faz com que o corpo se desitrade mais facilmente.

Um importante aviso é que sentir sede é o último pedido de ‘socorro’ do corpo para que a bebida seja ingerida. O ideal é observar a produção de saliva e, quando notar menores quantidades, beber mais água.

Não é necessário exageros no consumo, muito menos escassez.

3. Beber água mal armazenada

Um grande erro é armazenar águas em garrafinhas e não se preocupar em trocar o líquido durante o dia.

Por exemplo, durante o expediante de trabalho, a pessoa come diversas coisas no dia e não se preocupa em trocar a água.

As bactérias presentes na água – imperceptíveis – passam horas armazenadas, proliferando-se cada vez mais, podendo ocasionar um grande problema no organismo.

4. Má utilização da água flavorizada

A água flavorizada é nada mais que água com limão, salsinha, pepinos e outros vegetais que agem na função detox para o corpo.

O grande problema é querer aproveitar essa água durante todo o dia, com a bebida em temperatura ambiente, ou pior, retirar os legumes e passá-los para uma nova água, para reaproveitar os nutrientes deles.

A nutricionista Patrícia Leite explica que se os vegetais foram utilizados na primeira água, os efeitos nutritivos já foram entregues ali. Não há vantagem em colocá-los novamente em um novo líquido.

5. Temperatura da água

Pode parecer inacreditável, mas a verdade é que ingerir água muito gelada pode causa uma série de problemas no corpo humano.

Isso acontece porque nosso organismo tem, em média, 36°C de temperatura se estiver saudável.

Ao beber o líquido extremamente gelado, pode ocasionar um choque capaz de gerar uma contração involuntária no esôfago, estresse no estômago e até mesmo queda de pressão e tontura.

6. Horário de beber o líquido

No início da noite em diante não é recomendado beber muita água pois isso pode interferir na qualidade do sono da pessoa.

Isso porque ela terá de acordar algumas vezes para ir ao banheiro e acordará bastante cansada por não ter conseguido dormir bem durante a noite.

Siga o Portal 6 no Instagram: @portal6noticias e fique por dentro de todas as novidades!

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.