Acusado de matar homem a tiros durante confraternização de família em Anápolis é preso

GIH diz que arma de fogo apreendida com o suspeito prova que projéteis partiram dele

Da Redação -
Suspeito foi preso pelo GIH na manhã desta terça-feira (31). (Foto: Divulgação)

Foi preso na manhã desta terça-feira (31), no Filostro Machado, em Anápolis, um homem, de 30 anos, suspeito de matar Douglas da Silva depois de uma confraternização de fim de ano, em 2017.

O crime aconteceu no Jardim Bom Clima, região Sul da cidade. O acusado teria atirado contra a vítima, que estava com a namorada, enquanto se despedia dos parentes. Douglas, também de 30 anos, morreu no local.

Com o suspeito, o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) também apreendeu uma arma de fogo. O objeto foi periciado e o resultado mostrou que os tiros que mataram Douglas são compatíveis com o revólver.

O homem já tem passagem por porte ilegal de arma de fogo, roubo e homicídio.

Douglas, vítima de ataque a tiros. (Foto: Reprodução)

O mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil tem caráter temporário. Ele foi levado ao presídio de Anápolis.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.